Frase da Semana:

Seu Portal de Informação Sobre Educação!

“Não basta ser apenas professor, é preciso ser mestre na arte de ensinar". (Autor Desconhecido)

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

PENSANDO NISSO...

Como posso ser um vencedor,
Se trabalho como um derrotado?
Como chegar ao ultimo degrau,
Se não consigo subir o primeiro?
Como alcançar o primeiro lugar e ser um campeão,
Se não tento nem sequer conquistar o último lugar?
Olha! Para ser um fracassado,
Não é necessária muita ajuda,
É só parar no tempo e esperar,
Que alguém faça o que você deverias fazer,
De certo, isto certamente irá acontecer,
Pois o tempo não para!
E ele, (o alguém) irá conseguir, talvez, não com tanta perfeição,
Que você fosse capaz fazer, mas não o fez!
Que tal nós continuarmos brincando em ser
O bom aluno e o bom professor!
Oba! Que bom! finjo aprender, e ele em ensinar
Assim eu atinjo o meu propósito, de passar mais um ano!
Sendo aprovado sem ser, escrever sem ler e comemorar sem ganhar,
Apenas perdi mais um tempo, talvez seja o que preciso! De um tempo!
Dessa forma, eu serei, enfim, UM VENCEDOR! Mas de que?
Pois vida passou, e eu nem sequer venci a mim mesmo,
A minha péssima estima, nem sequer sonhei, apenas fingi!
Olho no espelho e não me vejo, como eu queria!
Vejo hoje os meus antigos colega, conquistando o que eu queria conquistar,
Mas não fui capaz, ou, não tive a coragem de encarar os obstáculos que era necessário,
Eles enfrentaram e obtiveram êxito, e, eu parei no tempo culpando sempre os outros,
Principalmente aqueles que sempre lutavam para que eu vencesse como os outros, e, eu
Os chamavam de chatos, bestas e outros palavrões que não convém falar, com os meus professores, aquele que nunca fingia, dedicava o seu precioso tempo para eu fosse, o que eu não quis ser, agora vejo!.Talvez tarde!. Mais nunca é tarde quando se quer ser um Vencedor! Isto eu aprendi com um dos meus professores, o que eu achava muito chato, E, gazeava muitas de suas aulas, mas, as que via, aprendia muito de vida, pois ele gostava, alias, gosta muito de mencionar a vida diante dos obstáculos. A sua matéria Talvez fosse, ou seja, a mais difícil, aprendia o que queria, as mais fáceis, as difíceis deixava para os colegas resolvesse, e, assim conseguia muitas das notas. O professor falou não só uma vez, que as notas obtidas no papel, não tinham muito significados, e, que apenas o interesse, esforços e vontade é que era o segredo para o sucesso, Eu mais uma vez não deu ouvido, achando aquilo uma baboseira, e discordava. Talvez ele tenha razão, mesmo ele dizendo que ninguém quem é o dono da verdade, e, por isso eu o chamei de “Burro”, não só uma vez. Onde hoje, eu acho que assim agi, como um bobo, vencendo as custas dos outros. Agora vejo que não venci nada, apenas perdi o meu tempo, achando ser o que nem sequer pensei em ser hoje. Perdi!, Não conquistei o meu propósito de hoje, agora tenho de fazer do meu amanhã, o meu ontem, e buscar o que deveria ter para amanhã, agora tenho de lutar, do jeito que o professor “chato” falava.

Pensando nisso escrevi.
Prof. Hildevan

Nenhum comentário:

Postar um comentário