Frase da Semana:

Seu Portal de Informação Sobre Educação!

“Não basta ser apenas professor, é preciso ser mestre na arte de ensinar". (Autor Desconhecido)

terça-feira, 17 de abril de 2018

Rede Estadual mantém greve para exigir melhoria de proposta do Piso 2018 sugerida por Desembargador

A greve da Rede Estadual de ensino do RN continua. É o que foi decidido pelos trabalhadores em educação durante assembleia realizada na manhã desta terça-feira (17/04). O movimento grevista já está no seu 27° dia.
A categoria decidiu manter a greve para que o governo do Estado melhore a última proposta apresentada para pagar a correção de 6,81% do Piso Salarial 2018. A proposta do governo consiste em implementar o Piso para os trabalhadores ativos já agora em abril, de forma integral. Os aposentados receberiam em 6 parcelas, de abril a setembro deste ano. Já o retroativo, tanto para ativos quanto aposentados, seria pago de outubro a março de 2019, em 6 parcelas, conforme sugerido pelo Desembargador Glauber Rêgo durante audiência de conciliação no último dia 11 de abril.
A assembleia decidiu que quer que os aposentados recebam o Piso ao mesmo tempo que os ativos e que o retroativo seja pago até o final de 2018. A deliberação da assembleia será levada ao governo por intermédio da Justiça.
Uma nova assembleia acontece nesta quinta-feira (19), às 14h30, no Winston Churchill, para avaliar o andamento das negociações. 
EDUCADORES DE NATAL SE REÚNEM EM ASSEMBLEIA DE GREVE NESTA TERÇA (17)
Os educadores de Natal vão se reunir em mais uma assembleia de greve. A assembleia acontece nesta terça-feira (17), às 14h30, na ASSEN.
Os profissionais, em greve desde 21 de março, exigem o pagamento de 6,81% do Piso Salarial 2018, melhoras nas condições de trabalho e atendimento aos direitos que vêm sendo negados. 
No início da semana passada os educadores rechaçaram a última proposta do Executivo para pagar o Piso. A proposta sugere pagar o Piso apenas em junho, sem pagar o retroativo relativo a janeiro, fevereiro, março, abril e maio deste ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário